JEAs 2017: Garra das ticunas levará as indígenas de Benjamin Constant à semifinal do futsal

25/07/2017 16:54

A equipe indígena da tribo Ticuna deram show à parte no futsal feminino na manhã desta terça-feira, 25 de julho, na Vila Olímpica de Manaus, e basta um empate, nesta quarta-feira, para garantir o passaporte para a semifinal do infantil nos Jogos Escolares do Amazonas (JEAs).

Representando a Escola Indígena Ebenezer, de Benjamin Constant, as guerreiras começaram atrás do placar para as estudantes-atletas do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Deputado Gláucio Gonçalves, do município de Parintins, mas uma virada surpreendente por 2 a 1 pôs as atletas ticunas na fase seguinte.

A aluna Juliana, 13, do 9º ano da Escola Indígena Ebenezer, trouxe com ela a sede de uma conquista, de conhecer, e de repente, conquistar uma medalha nas finais dos jogos.

“Eu estou muito feliz em chegar até aqui, não conhecia Manaus e achei muito legal participar dos jogos. Ganhamos essa primeira fase e meu coração está alegre por ganhar, mas também com saudades da minha mãe. É ela que me motivou a entrar no esporte e jogar, agradeço também ao meu professor e técnico que é o grande motivador de todos nós”.

Com a conquista do time, o professor e técnico da Escola Ebenezer se emociona ao falar dos treinamentos e da demora que tiveram ao chegar a Manaus. Bem recepcionados e ansiosos com a chegada, o professor conta como o caminho e a trajetória até os jogos foi longa, mas que a persistência e confiança de chegar aos Jeas fez valer a pena.

“O objetivo é entrar na final, tivemos dificuldades no seletivo, mas o foco principal é entrar na semifinal, as expectativas delas foram grandes quando conquistamos as disputas em Benjamin Constant, e quando falamos que viriam pra Manaus, tivemos algumas dificuldades sim, com algumas mães devido à distância. Foram três dias de viagem até aqui foi cansativo, mas essas circunstâncias fizeram com que nossa vontade de vencer fosse ainda maior, estamos muito felizes”.

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )

Fotos: Áida Fernandes/Seduc-AM