A CASA CAIU: Prefeito de Manacapuru exonera o prepotente e arrogante Cosme Bittencourt Costa, logo após ele agredir servidor do estado

14/10/2017 01:00

O prefeito de Manacapuru, Beto D’ Ângelo (PROS), exonerou nesta sexta-feira (13), o servidor público municipal Cosme Bittencourt Costa (foto), depois que um vídeo foi publicado nas redes sociais que mostra o servidor agredindo o servidor do estado Enadson Mesquita que trabalha no Hospital Geral Lázaro Reis naquele município. As agressões ocorreram nesta madrugada de sexta-feira dentro das dependências da Unidade Hospitalar Lázaro Reis.

O vídeo, compartilhado pelas redes sociais que logo viralizou , mostra Cosme Costa partindo para cima e dando chutes e socos no servidor Enadson Mesquita só porque este reclamava da falta de material de trabalho na unidade hospitalar.

É possível ouvir ainda Cosme dizendo que é ouvidor da Prefeitura e que por isso mesmo nada vai lhe acontecer. Mas ele estava redondamente enganado. Horas depois e ao tomar conhecido do caso, o prefeito Beto D’Ângelo o demitiu primeiro pela agressão física e verbal; e segundo porque ele não era ouvidor do município coisa nenhuma e sim um servidor como qualquer outro da Prefeitura de Manacapuru.

Veja, o vídeo:

A CASA CAIU

Demorou dez meses para que a máscara da prepotência e da arrogância de Cosme Bettencourt Costa caísse por terra. De acordo com as informações de populares de Manacapuru, que relataram para a reportagem do Portal Gazeta Do Amazonas, que o Cosme sempre se mostrou ser um homem contador de vantagens, o sabe tudo…, violento, arrogante e prepotente que adora humilhar e intimidar os seus desafetos principalmente aqueles que vão contra o governo do prefeito Beto D’Ângelo.

A decisão imediata do Beto D’Ângelo de exonerar o “falso ouvidor” foi recebido pelos munícipes de Manacapuru como uma medida acertada e louvável  por parte do prefeito.

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas ) 

Foto: Reprodução/Facebook