Advogado Jean Cleuter dispara na conquista de votos para presidência da OAB-AM

18/11/2018 16:01

MANAUS – Desde o início da campanha pela corrida da presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM), a chapa 20 “Nova OAB” – encabeçada pelos advogados Jean Cleuter e Omara Gusmão – tem conquistado os eleitores com a apresentação das propostas à categoria.

Seja por telefonemas ou nos encontros promovidos pela chapa 20, é notório o real e crescente apoio da classe às ideias e sugestões defendidas por Jean Cleuter e Omara. O crescimento da “onda azul”, com a chegada de novos eleitores, mostra que os 6.500 votantes (dados da OAB-AM) estão ávidos por mudança e querendo, de fato, uma “Nova OAB”.

O jovem advogado André Phillipe Brito, 32 anos, por exemplo, foi assertivo em dizer que “a mudança precisa ser agora”. Pensando no mercado de trabalho, o jovem diz que precisam de uma entidade mais forte, atuante e que dê mais apoio aos recém-graduados.

A advogada Naíade Perrone, 26 anos, também integra a jovem advocacia. Ela conta que já apoiou o então presidente da OAB-AM, mas que hoje faz oposição porque já teve os direitos e prerrogativas como advogada violados em 2016.

“Na época não tive nenhum apoio e isso me fez perceber que, hoje, a OAB pertence a um só grupo e não para os advogados de um modo geral. E eu quero uma mudança nessa gestão”, frisou a advogada.

A advogada Nancy Segadilha, que é presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, também presidia a Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência da OAB-AM. Segundo ela, a renúncia ao cargo se deu pela omissão da atual gestão em relação aos PCD’s da categoria e da sociedade em geral.

“A OAB está para defender o direito do cidadão, além de dar apoio para todos os advogados. Quero mudança e comprometimento com os advogados e com a população que tenham quaisquer deficiências”, destacou Nancy.

As eleições para a presidência da OAB-AM ocorrerão no dia 28 deste mês, no Sambódromo,  com três chapas concorrendo. O Tribunal Regional Eleitoral prometeu dar apoio ao pleito que é considerado um dos mais disputados de todos os tempos. Ao todo, segundo dados da OAB, 6.500 advogados estão aptos para votar.

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas)

Foto: Divulgação