CULTURA: Secretaria de Cultura oferece oficina ‘Estratégias criativas na produção de documentários’, no AM

11/06/2015 07:04

nucleo_digital6-960x600O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), oferece nos dias 13 e 20 junho, no horário das 9h às 12h, na Casa do Cinema (rua Ferreira Pena, nº 145, Solar Georgette, Centro, zona sul), a oficina “Estratégias criativas na produção de documentários”.

O objetivo da oficina será mostrar aos interessados em cinema, estudantes de cinema e comunicação, como elaborar projetos com estratégias mais originais, com base no relacionamento entre quem filma e quem é filmado.

Ministrada por Gustavo Soranz, doutorando em Multimeios pela Unicamp e professor do curso de Comunicação da Uninorte, a oficina possui 20 vagas e se dividirá em dois encontros. No primeiro, dia 13, serão ministradas as principais funções do documentário, consolidadas na sua tradição histórica.

No segundo, dia 20, serão abordadas estratégias criativas para a produção de documentários, a partir de exemplos de filmes que ajudaram a consolidar ou renovar a prática desta seara cinematográfica.

A metodologia utilizada será a de apresentação de trechos de filmes, que permitirão analisar como a história do documentário se consolidou e renovou suas estratégias expressivas no desenvolvimento de sua tradição.

A oficina constará, também, do estudo de caso do documentário “Cine Metro”, filmado em São Paulo, em fevereiro de 2015, curta-metragem que trata sobre um antigo cinema da região central de São Paulo, dirigido por Gustavo Soranz.

Inscrições – A oficina é gratuita e os interessados em participar devem enviar um e-mail para soranz@yahoo.com, até 18h de sexta-feira (12), explicando os motivos do interesse em participar do curso e escrevendo no assunto da mensagem: CURSO DOCUMENTÁRIO.

Currículo de Gustavo Soranz – Doutorando em “Multimeios” pela Unicamp. Professor do curso de Comunicação Social daUninorte e do curso de Tecnologia em Audiovisual da Universidade do Estado do Amazonas. Graduado em Rádio e TV e mestre em “Sociedade e Cultura na Amazônia”. Publicou artigos sobre cinema na Amazônia, documentário e o verbete Brazil, na “Encyclopedia of Documentary Film”, editada em 2006. É membro do Núcleo de Antropologia Visual da Universidade Federal do Amazonas (NAVI/UFAM) e do Centro de Pesquisas em Cinema Documentário da Unicamp (CEPECIDOC). Recentemente, dirigiu os documentários “A Amazônia segundo Evangelista” (2012) e “Cine Metro” (2015).

Para mais informações sobre outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse facebook.com/culturadoamazonase o Portal da Cultura www.cultura.am.gov.br

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )

Foto: SEC

Tags: