Frederico Junior é agredido pelo ex-prefeito de Novo Airão e por mais seis homens

27/08/2017 22:26

O empresário Frederico Junior, 50 anos, que ficou em segundo lugar nas eleições municipais de 2016, foi brutalmente agredido com socos e pontapés na tarde desse domingo (27), às 16h, na Delegacia Civil de Novo Airão.

De acordo com as informações preliminares repassadas através do filho de Frederico, Fredson, informou que o agressor foi o ex-prefeito Wilton Santos (PSDB) e o seu filho Douglas Santos, que é Secretário Municipal de Assistência Social do Município de Novo Airão.

Os dois ainda tiveram a ajuda de outras pessoas, com cargo comissionado na prefeitura. No tumulto e agressão, foram identificados os funcionários comissionados da prefeitura: João Paulo JP, Carlos Junior ‘vulgo Buiu’ e mais 3 pessoas ainda não identificadas até o fechamento desta matéria.

A suposta vítima Frederico Junior foi socorrida na emergência da Unidade Hospitalar de Novo Airão e submeterá ao exame de corpo delito, com Boletim de Ocorrência acusando os agressores.

Veja o Boletim de Ocorrência  (B.O) da suposta vítima.

 

De acordo com populares, o conflito entre a suposta vítima e os supostos agressores vem acontecendo desde as eleições de 2016. Quando Wilton Santos mesmo sendo impedido, continuou candidato e venceu as eleições e posteriormente teve o seu mandato extinto por força da justiça.

Nesse segundo turno da eleição suplementar para governo, Frederico Junior (PROS) apoiou o candidato Eduardo Braga enquanto o Wilton Santos (PSDB), o candidato Amazonino Mendes.

Secretário de Assistência Social de Novo Airão,Douglas Santos.Foto:Reprodução/Facebook

Na noite deste domingo um dos supostos agressores Douglas Santos usou as redes sociais para se explicar  sobre o ocorrido.

Turma
Estou vendo vários boatos sobre uma briga com o Frederico.

Quem me conhece sabe que não gosto de briga e não sei brigar. Mais em nenhum momento vou permitir que alguém agrida meu pai.

Apenas defendi a mim e meu pai.

Peço desculpas, hoje um segurança do Frederico pela manhã me fez uma ameaça, o juiz o chamou e pediu pra que ele não participasse.
Logo após ele foi e ameaçou meu pai.

Fomos para delegacia fazer o B.O
Uns 5 min depois chegou o Frederico e outras pessoas, começaram nos chamando de filhos da puta. E foram pra cima do meu pai, em momento algum irei deixar alguém agredir meu pai, que nos conhece sabe que nunca brigamos e nem compactuamos com isso.

Sei que é difícil mais peço desculpas pelo ocorrido.

Não queria ter feito nada isso.

Logo cedo falei com o Frederico e disse que o que podia ter feito já havia sido feito, pouco mudaria.

Na delegacia fomos agredidos e revidei.

Não quero que isso continue e peço desculpas aos envolvidos.

 

O Portal Gazeta Do Amazonas abre espaço que é de direito aos supostos agressores do empresário Frederico Junior para se defenderem das acusações aqui citadas na matéria.

*Colaboração Correio da Amazônia

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )

Foto: Divulgação

Tags: