Jornalista Liliane Araújo fala de gratidão, homenagem e parabeniza Rede Amazônica pelos seus 45 anos de fundação

01/09/2017 18:55

Nesta sexta-feira, 1º de setembro, eu resolvi falar de gratidão e homenagem. Gratidão pela vida, pela família, pelos amigos e pelas oportunidades que Deus tem me dado. Uma delas foi ter passado pela Rede Amazônica, onde escrevi minha história no jornalismo, tenho muito orgulho te ter feito parte dessa família a qual presto homenagens pela passagem dos 45 anos com essa foto de meu arquivo pessoal.

Foram mais de dez anos onde aprendi a fazer jornalismo, conheci muitos lugares dessa imensa Amazônia e fiz muitos amigos por onde passei. Guardo no coração todas as boas lembranças dessa caminhada.

Mas a vida é feita de escolhas e resolvi me dedicar também as pessoas, à nossa cidade e ao nosso Estado. Foi por isso que hoje estou escrevendo uma nova página na minha vida profissional: a carreira política.

Que Deus em sua infinita bondade continue a abençoar às famílias Daou, Cordeiro e Margarido que fizeram história e continuam a transformar a vida de milhares de cidadãos nessa imensa região do país: a Amazônia.

Nada mais justo do que finalizar esse registro com o famoso grito de guerra que pronunciei várias vezes enquanto aluna do Colégio Militar de Manaus.

Selva!

Liliane Araújo

 

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas ) 

Foto: Arquivo/Liliane Araújo