Liberada, obra do Anel Viário Leste finalmente vai começar, em Manaus

06/08/2015 19:13

11813422_1609253806018613_8356830003718228233_nA implantação do Anel Viário Leste, no trecho compreendido entre o Trevo da Avenida Cosme Ferreira, no Distrito Industrial II, na zona Leste de Manaus, até a Reserva Adolfo Ducke, na zona Norte, que teve retardado o início de sua construção em razão da demora na liberação do licenciamento por parte do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico (IPHAN), finalmente terá sua obra iniciada.

A informação é da secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar, que na quarta-feira, 5 de agosto, visitou vários trechos dos 17,6 km do traçado do Anel Leste.

“Nossa equipe não descansou um só instante enquanto não conseguiu a liberação necessária para o início da obra”, revelou a secretária, destacando também a ação do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas – IPAAM.
Com o número de veículos de passeio crescendo a todos instante em Manaus, “nós não podemos fazer a população esperar tanto por uma licença para dar início a uma obra da importância como a do Anel leste”, ponderou Waldívia Alencar.

Segundo ela, estes dois anéis viários, o Sul e o Leste, vão permitir o redirecionamento do tráfego de veículos de carga – como caminhões e carretas, da área central da cidade, reduzindo a incidência de acidentes envolvendo esses veículos e o tempo de viagem entre o Distrito Industrial e o aeroporto Eduardo Gomes.

Com mais esta obra, o Governo do Amazonas contribui de forma decisiva, por intermédio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) para a melhoria da mobilidade urbana de Manaus. O Anel Leste é mais uma das obras estruturantes previstas pelo Governo do Amazonas para dar maior fluidez ao tráfego de veículos na capital.

Com informações e fotos: ASCOM/SEINFRA

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )