Musa Thaís Santana pronta para encantar no Rio Negro Challenge Amazônia 30k

29/04/2015 16:40

 

MARATONA AQUÁTICA 1 - THAÍS SANTANA - ATLETA DO SEST SENAT - by Emanuel Mendes Siqueira

Além dos astros e estrelas internacionais, os brasileiros estarão em destaque no Rio Negro Challenge Amazônia 30K, a inédita ultramaratona aquática que acontece neste sábado, 2 de maio, a partir das 7h, da praia do Açutuba até a  Ponta Negra, em Manaus. Uma das favoritas da prova é a musa capixaba Thaís Fernandes Santana, de 22 anos, líder do ranking da elite feminina na 2ª Copa Brasil de Maratonas Aquáticas.

A atleta da equipe Sest/Senat de Vitória (ES), que já está na capital amazonense, começou na natação aos cinco anos. Nas piscinas, ela era especialista nas provas de 50 metros livre. A transição para a maratona aquática foi gradual e hoje a paixão pelas disputas longas em águas abertas é a prioridade de Thaís.

“Já nadei a prova 14 Bis, que tem percurso de 24 quilômetros, e também a primeira etapa do Grand Prix Mundial na Argentina, mas nunca enfrentei um desafio tão grande. Nadar uma prova de 30 quilômetros no coração da Amazônia é uma experiência nova, mas estou treinada para essa prova que agregar valor à minha carreira. Hoje, o meu foco é a longa distância e competir o Rio Negro Challenge será uma experiência inesquecível”, afirma Thaís.

BOAS LEMBRANÇAS

Essa será a segunda vez que Thaís compete em Manaus. No dia 27 de abril do ano passado, a capixaba reinou na Ponta Negra ao conquistar o título da elite feminina durante a primeira da Maratona Aquática Amazonas com o tempo de 39 minutos e 11 segundos.  Suas principais adversárias serão a espanhola Esther Nuñez, campeã mundial de Águas Abertas em 2007 e 2012, e a gaúcha Betina Lorscheitter, campeã da primeira etapa do Circuito Light Rei e Rainha do Mar 2015.

“Tenho boas lembranças de Manaus, pois na minha primeira passagem por aqui fiz o passeio de barco, nadei com os botos e também fui ao Teatro Amazonas”, lembrou Thaís, após o treino de terça-feira, na Vila Olímpica de Manaus.

ALIMENTAÇÃO & HIDRATAÇÃO

Segundo os organizadores do Rio Negro Challenge, os 30 quilômetros da prova deverão ser vencidos após seis ou sete horas de braçadas. Para Thaís, o maior desafio será cuidar da alimentação e da hidratação.

“A alimentação e hidratação são as partes mais importantes nessa prova. Tem também a questão do clima que pode dificultar, mas o desafio principal é hidratar de meia em meia hora, mesmo sem vontade”.

Com informações e foto: Emanuel Sports & Marketing (www.facebook.com/emanuelsports)

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )