TJAM empossa 53 novos servidores do cadastro reserva de concurso

09/04/2015 13:07

7168_1

A presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, Desembargadora Graça Figueiredo, deu posse a 53 novos servidores aprovados no cadastro reserva do concurso público realizado em 2013. Com os empossados, chega a 90 o número de nomeados a mais que o previsto no edital do certame. O coordenador da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do TJAM (Eastjam), Desembargador Paulo Lima, e a diretora da Eastjam, Wiulla Garcia, também participaram da cerimônia de posse.

“Esta é a nossa quarta nomeação. Já são 90 que chamamos a mais do que estava previsto no edital. Para que com isso a gente possa evitar fazer um novo concurso. Já que temos um cadastro reserva, por que não chamar. Todos que fazem concurso tem a esperança de ascender ao cargo para o qual tanto estudou”, afirmou a desembargadora-presidente.

“Neste País de tanta crise ética, não podemos deixar que “aquele jeitinho brasileiro” manche a trajetória que temos alicerçada na nossa família. É muito melhor terem a fama de rigorosos do que serem apontados como “aquele do jeitinho”. Esta é a primeira mensagem que quero deixar aos novos servidores”, completou.

Com exceção de um nomeado para a vaga de Analista Judiciário – Arquivista (Nível Superior), os demais foram empossados como Assistente Judiciário (Nível Médio) e foram lotados para trabalhar em Varas de Manaus. Cinco dos empossados são portadores de necessidades especiais.

“Quero parabenizar os novos servidores. Graças ao próprio esforço e dedicação, foram aprovados no concurso público e agora estão sendo empossados. Meu conselho é que continuem estudando e se qualificando para prosseguirem na carreira”, discursou o Desembargador Paulo Lima.

Nos próximos cinco dias, os novos servidores vão fazer o Curso de Formação Inicial, recomendado pelo próprio Conselho Nacional de Justiça. A ideia é que eles comecem a se familiarizar com as funções a serem desempenhadas, o sistema eletrônico, os direitos e deveres no serviço público. “Eles vão aprender o que é feito na Vara Cível, Criminal, e conhecerão, na prática, o que será o fazer dos novos servidores. São vários temas diferentes. E eles podem participar também dos outros cursos que serão oferecidos pela Eastjam no decorrer deste ano”, explicou a diretora do Eastjam, Wiulla Garcia.

Representando os empossados, Marlon Feitosa Borges leu o juramento durante a cerimônia. Aos 25 anos, o novo servidor ressalta que vai continuar estudando e sonha em seguir carreira na diplomacia. “Foi o segundo concurso que eu fiz nessa minha vida de concurseiro. Sempre tive esperança de ser chamado. É muito gratificante ver o resultado dos nossos estudos. Estou dando um dos meus primeiros passos aqui, estou saindo da Caixa Econômica, e vou continuar estudando”, prometeu.

Texto: Rafael Valentim | TJAM

Foto: Raphael Alves | TJAM

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Portal Gazeta Do Amazonas’