Poupança em baixa leva Caixa diminuir financiamentos de imóveis usados, acredita especialista

30/04/2015 08:07

imoveis_novosA Caixa Econômica Federal anunciou, nesta terça-feira,28 de abril, que vai diminuir o valor dos financiamentos de imóveis usados, em todo país, e o interessado em comprar uma casa ou apartamento, por exemplo, vai ter que desembolsar a metade do valor do bem no momento da assinatura do contrato. A medida passa a valer a partir de maio. O especialista em Economia da Universidade de Brasília, Newton Marques, explica que, o aumento da inadimplência e a queda dos depósitos na caderneta de poupança foram os motivos que levaram a Caixa a baixar o limite de financiamentos de imóveis usados.

“A Caixa Econômica utiliza como recurso para financiar habitação, financiamento imobiliário, ela utiliza dos depósitos de poupança e os depósitos de poupança têm caído bastante. Com isso, a Caixa Econômica fica sem partes dos recursos. A segunda, o momento agora é que, muitos setores estão em inadimplência, não estão pagando os financiamentos.”
Para o especialista em Economia, Newton Marques, o momento é bom para a compra de imóveis usados porque as novas regras para os financiamentos da Caixa Econômica devem derrubar os preços no mercado imobiliário.
“Todas as vezes que a Caixa Econômica participa com menos recursos isso dificulta porque hoje em dia, quem é que tem, digamos, um imóvel usado de 500 mil, alguém ter 250 mil para colocar. Não é fácil. Então, com isso deve provocar até uma queda maior dos imóveis usados. Quem for comprar hoje está em situação melhor de quem vai vender.”
Os valores dos financiamentos da Caixa Econômica Federal vão diminuir para os imóveis usados entre 190 e 650 mil Reais. O banco vai emprestar apenas 50 por cento do valor do imóvel. Em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e no Distrito Federal, o valor do imóvel financiado pela Caixa pode ser de até 750 mil. Vale lembrar que, o comprador vai continuar podendo utilizar o dinheiro do FGTS para financiar imóveis usados. Para mais informações basta acessar na internet o endereço eletrônico www.caixa.gov.br
Reportagem, Cristiano Carlos
Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )