CORRUPÇÃO: José Melo e mais três ex-secretários são presos novamente após decisão da Justiça

31/12/2017 20:02

MANAUS – O ex-governador cassado José Melo (PROS) e mais três ex-secretários de seu governo vão passar a virada de ano na cadeia. A juíza federal Ana Paula Serizawa acatou parcialmente, neste domingo (31), os recursos do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) para que Melo e outros oito presos nas operações Custo Político e Estado de Emergência voltassem à cadeia. O ex-governador e cinco de seus ex-secretários foram presos no último dia 21, no âmbito da operação Estado de Emergência, da Polícia Federal, MPF-AM e Controladoria Geral da União.

De acordo com o delegado federal Alexandre Teixeira, responsável pelas operações Custo Político e Estado de Emergência, José Melo, Afonso Lobo (ex-Sefaz), Wilson Alecrim (ex-Susam) e Evandro Melo (ex-Sead) foram presos no final da tarde de hoje e levados para a Superintendência da Polícia Federal. Já Pedro Elias, também ex-Susam, não estava na casa onde mora e é considerado foragido pelo órgão.

Ainda segundo o delegado, todos os presos na tarde deste domingo passarão a noite na Superintendência da PF. Somente neste dia 1º é que eles devem ser levados para o sistema prisional do Estado, onde devem ficar presos no Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 (CDPM 2).

O MPF-AM queria também nova prisão de Raul Zaidan (ex-Casa Civil) e dos empresários Mouhamad Moustafa, Keytiane Evangelista e José Duarte dos Santos Filho, mas a Justiça negou o pedido.

Ana Paula Serizawa é a juíza federal que está de plantão até o dia 1° de janeiro e também relatora do processo oriundo da Operação Maus Caminhos. Ela estava no plantão judicial nesta virada de ano e decidiu sobre o pedido do MPF.

Com informações: Acrítica

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas)

Foto: Michael Dantas / AGECOM