Dicas de cuidados com as crianças nos dias de chuva para evitar acidentes

15/01/2018 06:17

Nesta época do ano, chove no Brasil inteiro, e em algumas cidades, além de muita água e ventos fortes, há também muita incidência de raios, como é o caso de Manaus, Porto Velho, Belém e outras da região Norte. Por conta disso, F&T preparou para você uma lista de cuidados com as crianças para evitar acidentes nos dias de chuva. Afinal, com segurança dos filhos não se brinca.

Além dos raios (descargas elétricas que podem matar), outro perigo para as crianças nos dias de chuva intensa são os escorregões, as quedas, acidentes com materiais perfurocortantes e sumiços em bueiros, especialmente em áreas mais periféricas, onde crianças e adolescentes costumam brincar na rua durante os temporais.

Leia também: Problemas que afetam o crescimento infantil – saiba como resolver

cuidados com as crianças

Quem nunca brincou na rua em dias de chuva? A diversão é mesmo muito boa, mas é preciso ter alguns cuidados para a segurança dos filhos. Muitas vezes, a lama que se forma durante a precipitação impede que a criança ou adolescente veja nas ruas e calçadas objetos como latas, garrafas quebradas, pregos e até mesmo cerâmica quebrada, mas todos estes podem lhes causar grandes golpes nos pés e pernas.

Conforme o tenente Janderson Lopres, do Corpo de Bombeiros do Amazonas, outro grande perigo para as crianças nos dias de chuva são as pontes sobre os igarapés e áreas alagadiças, de onde elas podem cair e se afogar, além das valas e bueiros abertos. “Em 2017, atendemos em Manaus três lamentáveis ocorrências com o desaparecimento e morte de crianças que caíram em bueiros e foram levadas pela forte enxurrada”, conta.

Ele também chama a atenção para as doenças que podem acometer as crianças devido à água contaminada, como leptospirose, hepatite A e as que são causadas por parasitas intestinais.

Mesmo quem mora em condomínios fechados precisa ter certos cuidados com as crianças para evitar acidentes nos dias de chuva. Escorregar e cair numa calçada ou beira de piscina, por exemplo, pode render alguns dentes quebrados ou mesmo um corte ou galo na cabeça, dependendo do tipo de queda, entre outros problemas mais graves.

Quanto aos raios, então, os cuidados com as crianças devem ser dobrados, especialmente em locais desprovidos de para-raios, como quadras e os campinhos de futebol, onde as crianças costumam jogar bola durante a chuva.

Abaixo, algumas dicas sobre cuidados com as crianças para evitar acidentes nos dias de chuva. Algumas delas têm como fonte o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que também desenvolveu uma ‘Cartilha de Proteção contra Raios’. Confira e compartilhe com quem você acha que precisa ter acesso a esse tipo de informação.

1 – Se as crianças estiverem na piscina, peça para saírem (com cuidado). Além dos escorregões, tem o problema dos relâmpagos e trovões, mesmo em edificações com para-raios;

2 – Se estivem na praia, água do mar ou rio, a orientação é a mesma. De preferência que procurem um abrigo, mesmo que seja no carro. Permanecer em espaço aberto é sempre um perigo;

3 – Nos sítios e fazendas, a mesma coisa. As crianças não devem permanecer em áreas isoladas, como campos de futebol, próximo de árvores ou cercas de arame farpado;

4 – Mesmo quando as crianças estão dentro de casa é preciso atentar para alguns cuidados durante as tempestades, sobretudo as que emitem raios. Desligar o videogame, computador e televisão é um deles, assim como evitar que seus filhos tomem banho em chuveiro elétrico ou que falem ao telefone com o aparelho ligado na tomada. Ah, oriente-os a não ficarem encostado em geladeiras e outros equipamentos que possam sofrer descargas elétricas.

Com informações: site filhos&tal

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas)

Fotos:Divulgação