ECONOMIA: Comissão debate regulamentação de moedas virtuais

19/12/2017 06:39

A comissão especial que analisa a regulamentação, pelo Banco Central, de moedas virtuais (como os bitcoins) e os programas de milhagem de companhias aéreas (PL 2303/15) promove duas audiências públicas nesta semana para debater a proposta. Os debates serão realizados nesta terça-feira (19) e na quarta-feira (20). A audiência pública atende a requerimento do deputado Alexandre Valle (PR-RJ) e outros.

Valle destaca que as moedas virtuais tem ganhado cada vez mais espaço e visibilidade como meio de pagamento. “O aumento da quantidade de transações, usuários e mesmo as diferentes moedas virtuais disponíveis, cujo principal exemplo é o Bitcoin, tem chamado a atenção de diversas autoridades reguladoras e inspirado discussões acerca da sua regulamentação”, afirma.

O parlamentar lembra que as moedas virtuais não tem relação direta com qualquer autoridade central, tampouco ostentam a qualidade de moeda, tal como o real, o dólar, o euro etc. Para ele, é necessário realizar discussão técnica jurídica sobre o tema, com os motivos e técnicas regulatórias para mitigar riscos relacionados a sua operação, sem impedir que a tecnologia desenvolva eficiência no mercado financeiro e de capitais brasileiro.

Foram convidados para a terça-feira, o advogado em Direito Bancário e do Mercado Financeiro e Sócio do Pinheiro Neto Advogados, Bruno Balduccini e o estatístico, engenheiro de sistemas, facilitador e Cientista, Courtnay Guimarães; entre outros. Confira a relação completa.

Para quarta-feira, foram convidados o advogado de Direito Bancário, do Mercado Financeiro e de Capitais e Professor do Insper, Marcelo Godke; e o Presidente da Equity – Associação Brasileira de Equity Crowdfunding, especialista em Direito Digital e das Novas Tecnologias, Diego Perez; entre outros. Confira os outros convidados.

Os dois debates começam às 14h30, em plenário a definir.

Da Redação – RL

Com informações: Agência Câmara Notícias
Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas)
Foto: Reprodução da Internet