Ministro da Educação e Reitor do IFAM inauguram campus em Manacapuru, no AM

09/06/2018 20:29

Pela segunda vez inaugurando uma unidade do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), o ministro da Educação, Rossieli Soares e o reitor do IFAM, Antonio Venâncio Castelo Branco inauguraram na sexta-feira, 08 de junho, o Campus Avançado Manacapuru com a presença de autoridades políticas da região, pró-reitores, diretores-gerais de institutos federais do Norte, alunos e servidores do campus.

Com 3679m2, o IFAM Campus Avançado Manacapuru possuiu hoje 474 alunos e 43 servidores entre docentes e técnicos-administrativos, ofertando a população local seis cursos: Administração, Secretariado, Informática, Recursos Pesqueiros, Vendas pelo Proeja e Redes pelo Mediotec, tanto na forma Integrada quanto na Subsequente.

Na inauguração o ministro falou sobre os desafios da educação na Amazônia e as diferenças entre um aluno no Amazonas com outro no restante do país. “Não dá para comparar o estado do Amazonas com São Paulo ou Minas Gerais. São realidades distintas. Não que eles não tenham seus desafios, mas o Brasil precisa discutir cada vez mais o custo diferenciado que nós temos para fazer educação de qualidade no estado do Amazonas. E vou lutar para que esse custo diferenciado seja reconhecido”, disse ele sobre a luta da educação como prioridade no país.

O ministro ainda destacou que durante sua permanência no Ministério da Educação a prioridade será as regiões Norte e Nordeste do país. “Já estou ciente de que o Campus Avançado Manacapuru tem lista de espera para os alunos que desejam ingressar na instituição. Trazer qualidade ao ensino é ter instituições como o IFAM e, principalmente, termos professores como estes que merecem nosso reconhecimento na árdua luta para trazer grandes resultados. Por isso, mesmo com as dificuldades, vamos fazer um novo bloco de salas de aula para oferecer um número maior de vagas”, afirmou ao revelar que pedirá emenda de bancada para alavancar a educação profissional no Amazonas.

Para o reitor do IFAM, Antonio Venâncio Castelo Branco, o objetivo é proporcionar educação pública, gratuita e de qualidade para os estudantes da capital e, principalmente, no interior do estado. “É um momento ímpar para a educação profissional e tecnológica no Amazonas. Acreditamos em um modelo de educação profissionalizante como meio de desenvolvimento da região e do país, com uma educação pautada na sustentabilidade e é isso que fará a diferença no Estado, não se limitando apenas ao campo industrial, mas sim todas as potencialidades da nossa região. Nossa missão é fazer com que cada aluno formado pelo IFAM torne-se referência e faça a diferença em sua comunidade”, disse Castelo Branco.

Emocionada, a diretora-geral do Campus Avançado Manacapuru, Ana Maria Alves Pereira, agradeceu a presença de todos e relembrou que a luta é diária. “Mesmo com todas as adversidades, nossos servidores não desanimaram e com muito trabalho e dedicação, nossos alunos têm recebido um ensino gratuito e de qualidade. Hoje o sentimento é apenas de agradecimento”, falou.

Ao final do evento, o ministro anunciou que até o fim de junho o Campus de Itacoatiara será inaugurado.

Com informações: IFAM

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas

Fotos: Semed-Manacapuru