Presidente e vice do CEEI/AM tomam posse, em Manaus

13/04/2018 07:51

Emilson Frota Lima (Munduruku) e vice-presidente Jesiel Santos dos Santos (Saterê-Mawé)

Tomaram posse, na manhã da um quinta-feira (12/04), o novo presidente e vice do Conselho Estadual de Educação Escolar Indígena do Amazonas (CEEI/AM), que estarão à frente da gestão para o biênio 2018-2019.

A eleição aconteceu durante a Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Educação Escolar Indígena do Amazonas, cujas programações tiveram início na última segunda-feira (9), no auditório do Centro de Formação Profissional José de Anchieta (Cepan), na sede da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), no bairro Japiim 2, Zona Sul de Manaus.

Por quatorze votos a treze, os conselheiros elegeram para presidente Emilson Frota Lima (munduruku) e para vice-presidente Jesiel Santos dos Santos (saterê-mawé), que faziam parte da chapa 1.

Os eleitos concorreram com Sidinéia Fontes Miguel (piratapuia), que era candidata ao cargo de presidente e Antônio da Silva Barreto (mura), que disputou a eleição para vice-presidente. Ambos faziam parte da Chapa 2.

Posse

A solenidade de posse do novo presidente e vice do Conselho foi oficializada em cerimônia que contou com a presença da diretora do Departamento de Programas e Políticas Educacionais (Deppe), Lafrankia Souza, que na ocasião representou o titular da SEDUC, professor Lourenço Braga; o presidente da Associação Serviço e Cooperação com o Povo Yanomami, Silvio Cavuscens; o representante da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro, Nildo José Miguel Fontes; e o presidente do Conselho de Alimentação Escolar, Jezanias Souza.

 

De acordo com o presidente eleito, Emilson Lima, repensar a estrutura técnica do conselho é uma das propostas iniciais da nova gestão.

“Esse Conselho já vem sendo conduzido por outros conselheiros há 20 anos e dificuldades sempre existiram e sempre vão existir. A princípio, vivendo em uma região com uma geografia bastante complicada, primeiramente é necessário se repensar na questão da estrutura técnica do conselho e pensar também em uma política de cooperação, de parceria com os municípios”, afirmou.

Com informações e fotos: Seduc-Am 

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )