Projeto da SEDUC/AM é destaque em simpósio realizado em São Paulo

05/12/2018 18:48

O projeto “Amazonas no Enem sem fronteiras”, iniciativa da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (SEDUC/AM), foi destaque durante a segunda edição do Simpósio Nacional de Formação do Professor de Matemática, que aconteceu no último fim de semana, no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (USP).

Neste ano, o projeto da SEDUC ganhou uma extensão e tornou-se o projeto “Conquistar”, uma plataforma digital que oferece curso preparatório gratuito para estudantes e também o público em geral que se prepara para o Processo Seletivo Contínuo (PSC/Ufam), Sistema de Ingresso Seriado (SIS/UEA) e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O simpósio foi promovido pela    Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e pela Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM) e teve como objetivo debater propostas e possibilidades de melhorias na qualidade do ensino, além de contribuir para a formação de estudantes e profissionais ligados à Matemática, para uma melhor qualificação dos profissionais da área da Matemática e dos professores atuantes nos primeiros anos da educação básica.

O projeto, que teve como foco os impactos do projeto ‘Amazonas no Enem sem fronteiras’ na Matemática do Ensino Médio da rede pública de ensino do Estado, foi desenvolvido pelos professores do Centro de Mídias de Educação da SEDUC, Aldemir Malveira e Newton Lima.

De acordo com o professor Aldemir Malveira, que apresentou o projeto no simpósio, a iniciativa da Secretaria de Educação é importante, principalmente por disseminar conhecimento a todo o interior do Estado.

“A importância do projeto está pautada na abrangência do ensino mediado por tecnologia, levando conhecimento aos lugares mais remotos do Amazonas. Esse modelo de ensino, graças ao IPTV possibilita a inclusão de todos os alunos, tais como: surdos, baixa visão, os indígenas etc. O objetivo principal, além da inclusão, é promover o reforço das competências e habilidades dos alunos que irão realizar o SIS (UEA), PSC(UFAM) e ENEM, sendo seu maior foco. O projeto se consolidou ao longo desses cinco anos com um grande potencializador do ensino no Amazonas”, disse.

Com informações: SEDUC-AM

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas)