Eleições da Associação de Moradores do Núcleo 16 acontecem sob suspeita de fraudes no processo eleitoral, em Manaus

02/08/2015 23:39Comentários desativados em Eleições da Associação de Moradores do Núcleo 16 acontecem sob suspeita de fraudes no processo eleitoral, em Manaus

IMG_5346

Neste domingo, 2 de agosto, foi realizada a eleição para a presidência da Associação de Moradores do Núcleo 16,Cidade Nova,zona norte da capital amazonense.

A eleição foi disputada por três chapas, sendo a chapa 01 liderada pela Aldenice, a chapa 5 por Mazinho e a chapa 16 por Thiago.  

A chapa 1, que foi a vencedora obteve 325 votos, a chapa 5 recebeu 172 votos, enquanto a chapa 16 obteve 227 votos, mostrando que mesmo com pouco tempo de campanha, a eleição contou com um número considerável de eleitores comunitários.

Durante oito horas de votação que aconteceu no Centro Social do Chapéu de Zinco do Núcleo 16. Inúmeras reclamações foram feitas pelos moradores que saíram de suas residências para votar, mas, seus respectivos nomes não apareceram na lista de votação.”Alguns moradores apresentaram seus documentos de identificação e o comprovante de residência,mas não puderam votar”.

A eleição comunitária do Núcleo 16, foi presidida pela Federação Amazonense das Comunidades-FAC. Segundo os moradores que foram impedidos de votarem, eles reclamaram do cadastramento dos moradores e a folha de votação que estavam viciada e com irregularidades grosseiras tipo: Morador que denunciou que o seu endereço domiciliar  foi usado indevidamente para cadastrar eleitores que não residem no referido endereço; cidadãos e cidadãs que moram há mais de 25 anos no Núcleo 16, não tiveram seus nomes registrados na lista de votação, os quais contestaram apresentando documento de identificação e comprovante de residência,mas foram impedidos pela presidente da Comissão Eleitoral do pleito, Neuda Maria de Lima.

Segundo o candidato da Chapa 5, o processo eleitoral da Associação de Moradores do Núcleo 16, apresentou indício de irregularidade e fraude no cadastro de eleitores e nos resultados nas urnas. ” Tenho provas que caracterizam que o resultado da eleição comunitária da Associação de Moradores do Núcleo 16 foi fraudada, vamos levar ao conhecimento da Justiça do Estado do Amazonas e pediremos a anulação do pleito, declarou Mazinho”.

A Associação Comunitária tem o papel de cobrar junto ao poder público as demandas do bairro, logo a associação deve trabalhar pautada pela ética e transparência, buscando deixar a comunidade muito bem informada e a comunidade por sua vez participar e se manter envolvida nas questões comunitárias.

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )

Foto:Divulgação

Os comentários estão fechados