AMAZONAS: Executiva da Rede cobra que Wilson Lima cumpra ‘Carta Compromisso’ assinada em 2018

20/05/2020 16:06

Por Portal Gazeta do Amazonas 

A executiva estadual da Rede Sustentabilidade no Amazonas protocolou junto ao gabinete do governador Wilson Lima manifesto cobrando que o mesmo cumpra as promessas feitas em Carta Compromisso assinada em 2018, quando ele e seu vice, Carlos Almeida, ainda eram candidatos.

O documento (em anexo) pondera sobre a atual conjuntura política, social e econômica do Estado nesse dramático momento de pandemia da Covid-19, que já matou 1.491 pessoas, e destaca a necessidade urgente de medidas para o melhor atendimento às necessidade da população, sem que isso sirva de pretexto para alianças fisiológicas com grupos políticos que tanto mal fizeram à saúde do Amazonas e também são responsáveis pela atual situação de calamidade.

A Rede, que compôs a base de apoio da candidatura de Lima e Almeida, está bastante preocupada com os últimos passos do governador em direção à política do ‘toma lá, dá cá’ e pede que o mesmo repense tal postura que em nada se assemelha a sua inicial proposta de um modelo de gestão baseado na justiça e honestidade, que superaria a velha prática de conchavos.

No manifesto, a Rede pede que o governo seja mais transparente nas ações de combate à Covid-19, que as mantenha com base na ciência, proteja os profissionais de saúde, dê uma especial atenção aos povos indígenas,  promova campanhas contra a violência doméstica (que cresceu com o distanciamento social), amplie seu programa de auxílio emergencial ao cidadão trabalhador, e intensifique a luta contra o desmatamento e a grilagem.

A executiva estadual da Rede Sustentabilidade no Amazonas protocolou junto ao gabinete do governador Wilson Lima manifesto cobrando que o mesmo cumpra as promessas feitas em Carta Compromisso assinada em 2018, quando ele e seu vice, Carlos Almeida, ainda eram candidatos.

O documento (em anexo) pondera sobre a atual conjuntura política, social e econômica do Estado nesse dramático momento de pandemia da Covid-19, que já matou 1.491 pessoas, e destaca a necessidade urgente de medidas para o melhor atendimento às necessidade da população, sem que isso sirva de pretexto para alianças fisiológicas com grupos políticos que tanto mal fizeram à saúde do Amazonas e também são responsáveis pela atual situação de calamidade.

A Rede, que compôs a base de apoio da candidatura de Lima e Almeida, está bastante preocupada com os últimos passos do governador em direção à política do ‘toma lá, dá cá’ e pede que o mesmo repense tal postura que em nada se assemelha a sua inicial proposta de um modelo de gestão baseado na justiça e honestidade, que superaria a velha prática de conchavos.

No manifesto, a Rede pede que o governo seja mais transparente nas ações de combate à Covid-19, que as mantenha com base na ciência, proteja os profissionais de saúde, dê uma especial atenção aos povos indígenas,  promova campanhas contra a violência doméstica (que cresceu com o distanciamento social), amplie seu programa de auxílio emergencial ao cidadão trabalhador, e intensifique a luta contra o desmatamento e a grilagem.

NOTA Pública ao Governador Wilson Lima

 

 

 

Portal Gazeta do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas )

Foto: Divulgação