Cantor Zezinho Corrêa é internado com Covid-19 no Hospital Samel em Manaus

05/01/2021 14:280 comentários

Por Portal Gazeta do Amazonas

O cantor da Banda Carrapicho, Zezinho Corrêa, testou positivo para a Covid-19 em Manaus. A informação foi confirmada nesta terça-feira (5/1) pela assessoria de comunicação da banda, sucesso na Europa e Brasil nos anos 90, com o hit “Tic Tic Tac”. O quadro de saúde dele é considerado estável.

De acordo com o comunicado, Zezinho sentiu febre e dores no corpo na última segunda-feira e se submeteu a exame para diagnóstico da Covid-19, que apontou positivo para a doença.

Ele está internado no hospital Samel, localizado no centro histórico da capital amazonense, onde recebe mediação e fisioterapia pulmonar. Ainda conforme a assessoria, a internação é por precaução.

No dia 28 de dezembro, o cantor participou do lançamento do livro em homenagem à sua carreira escrito pelo jornalista Fabrício Nunes . A solenidade ocorreu no Centro Cultural Palácio Rio Negro. A cantora Márcia Siqueira, que esteve na ocasião, também contraiu Covid-19.

Casos de Covid-19 em alta

Em todo o Amazonas, mais de 200 mil pessoas já foram infectadas pela Covid. O estado voltou a ter aumento de casos e internações pela doença nas últimas semanas. Por conta da situação, o comércio não essencial está proibido de abrir por 15 dias.

Na segunda-feira (4), o estado do Amazonas registrou o maior número de novas internações desde o início da pandemia: foram 183 pessoas hospitalizadas. Em Manaus, onde o número de internações já havia superado os registros de abril e maio do ano passado – quando houve colapso na saúde -, também houve um novo pico nesta segunda: 177 novos hospitalizados com Covid-19.

Com mais de mil pessoas internadas com Covid-19 e registros recordes de novas internações, o Amazonas entrou na fase roxa na pandemia, que representa alto risco, de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

Com informações: GazetaWeb

Portal Gazeta do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta do Amazonas )

Foto: Reprodução do Facebook

Os comentários estão fechados