“A esperança chegou”, anuncia prefeito David Almeida, após desembarque da vacina contra a Covid-19 na cidade

19 de janeiro de 2021 00:22

Por Portal Gazeta do Amazonas

MANAUS – Na noite desta segunda-feira, 18/1, a esperança tocou o solo manauara. As 256 mil doses da vacina contra o novo coronavírus, enviadas pelo governo federal, foram recebidas pelo prefeito de Manaus, David Almeida, no aeroporto de Ponta Pelada, zona Sul da capital. O pontapé inicial da campanha de imunização será nesta terça-feira, 19/1, às 9h, na sede da Prefeitura de Manaus, zona Oeste da capital.

David Almeida informou à população que, já nesta terça-feira, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) darão início à campanha de vacinação pelos profissionais da saúde, como determinou o governo federal. A meta é vacinar mais de 60 mil pessoas nos primeiros 7 dias. Porém, esse número pode ser reduzido, caso o governo do Amazonas destine uma quantidade inferior de doses para a capital.

Acompanhado pela titular da Semsa, Shádia Fraxe, o prefeito se emocionou ao receber o lote da vacina produzido pela empresa chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, e afirmou que esse é um grande passo para Manaus vencer a pandemia da Covid-19.

“Esse é um momento emocionante e histórico. A esperança chegando para livrar a nossa cidade, o nosso Estado, do vírus da Covid-19. Muitas vidas foram perdidas, e, hoje, a gente fica com esperança de vida. Que Deus abençoe Manaus e o Amazonas. A esperança chegou”, disse o prefeito David Almeida.

Povo manauara

Para David, a chegada da vacina marca o começo de uma nova era para Manaus, visto que nas últimas semanas o novo pico da Covid-19 na cidade deixou sequelas na população. De acordo com ele, Manaus voltará a sorrir e crescer, mostrando novamente para o mundo a força do povo manauara.

“Acredito muito que, a partir da vinda dessa vacina, nós tenhamos o início da volta da Manaus Sorriso, da alegria. É na queda que os rios adquirem a maior força. Manaus vai voltar a sorrir, vai voltar a crescer. Vamos resgatar a autoestima do povo desta cidade. Manaus é uma cidade ordeira, uma cidade de homens e mulheres lutadores, dos preservadores da floresta. Nós já sofremos muito, e essa vacina vem nos dar esse alívio”, salientou Almeida.

Logística

Após o término do desembarque no aeroporto de Ponta Pelada, os lotes da Coronavac foram transportados para a Divisão de Imunização da Semsa, que funciona no complexo de Saúde Oeste, localizado em Flores, zona Centro-Sul de Manaus.

No local, estão instaladas as câmaras de refrigeração, que serão utilizadas para armazenar as doses da vacina.

De lá, mais de 50 equipes da prefeitura irão levar as vacinas para as unidades de atendimento do município, onde farão a imunização dos quase 48 mil servidores da saúde, que estão trabalhando no combate da Covid-19.

Também fazem parte do grupo prioritários os idosos acolhidos nos asilos municipais e indígenas aldeados que residem na capital.

A Prefeitura de Manaus ressalta que ainda não foi informada pelo governo do Amazonas sobre a quantidade de doses que serão destinadas para a capital.

Texto – Thiago Fernando / Semcom

Portal Gazeta do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta do Amazonas )

Fotos: Dhyeizo Lemos / Semcom