JOGO ABERTO: Senador Eduardo Braga vem candidato ao governo do estado, Senador Omar Aziz deve tentar a reeleição e Menezes está em franca ascensão

28 de julho de 2021 17:03

Por Júlio Cesar

O senador Eduardo Braga praticamente definiu sua candidatura ao Governo do Amazonas em 2022. Será mais uma tentativa para retomar o cargo que ocupou entre 2002 e 2010. O caminho será longo, Eduardo hoje não tem grupo e essa reconstrução não será facil, sua forma de agir e sua fama de arrogante e prepotente provoca uma rejeição grande no eleitorado e nos principais políticos do estado. Não terá apoio de nenhuma máquina, fator que dificulta seus planos, porque o governador Wilson Lima e o seu recém lançado pacote de obras, vai utilizar todas as ferramentas que dispõe no estado obviamente a seu favor.

Braga a partir de agosto, ele deve intensificar os encontros e reuniões em Manaus e interior, sua aposta é que será o mais votado no interior, principalmente pela aliança que tem com grande parte dos prefeitos dos municípios, sua intenção é até junho do ano que vem, ampliar suas intenções de voto na capital, um desafio bem complexo, porque sua rejeição em Manaus é muito grande.

O senador Omar Aziz está se preparando para tentar a reeleição, sua atuação na CPI da Pandemia é a arma que ele utiliza para se colocar como oposição ao Presidente Bolsonaro e ficar cada vez mais próximo do ex-presidiário Lula, tem apostado suas fichas nisso, não será nenhuma surpresa se ele e Eduardo Braga sejam os candidatos preferidos das esquerdas no estado, eles não tem espaço na direita e com os conservadores, ambos devem sair ancorados no apoio principalmente do PT e o PCdoB. Não é segredo que Omar vem conversando frequentemente com Lula e dirigentes do PCdoB.

Menezes é o nome do momento, está de bem com todos, com exceção de Omar e Marcelo Ramos, aguarda a definição do Presidente Bolsonaro para definir seu caminho partidário, pode ser até o PATRIOTA, mas, seguirá o seu líder de forma incontinente. Os movimentos conservadores a cada dia demonstram estarem alinhados com o seu discurso e hoje, não se tem mais nenhuma dúvida que ele é o maior e principal aliado de Bolsonaro no estado, também está afinado com o Prefeito David Almeida e sendo colaborativo com o governo do estado. Perguntado pelo Foco no Fato sobre as possíveis alianças para 2022, afirmou que seus principais apoiadores serão o Presidente Bolsonaro e o povo que, segundo ele, “não suportam mais os mesmos nomes que dominam o nosso estado a mais de quarenta anos”, também descartou qualquer aliança com Romero Reis, dizendo que não estará ao lado de “oportunistas e aventureiros”, numa referência direta ao ex-candidato do partido NOVO.

As próximas eleições prometem fortes emoções.

Estamos com foco no fato e em 2022.

Fonte: Foco no Fato

Portal Gazeta do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta do Amazonas )

Foto: Divulgação