Lawtech consolida subscrição com fundo de investimento

13 de outubro de 2021 10:14

Por Portal Gazeta do Amazonas

Outubro de 2021 – LIDE MULTIMÍDIA – Líder no setor de softwares para o segmento jurídico, a Preâmbulo Tech, que comemorou 33 anos neste mês de setembro, segue o legado de inovação e a determinação de seu ex-presidente, Maurício Kavinski, falecido em fevereiro desse ano, e consolida a subscrição do aporte do Createc 3 – fundo do BNDES gerido pela venture capital KPTL. A lawtech desenvolveu seu planejamento com OKR’s bem estruturadas, entregando resultados e metas significativas em meio a pandemia, o que vem gerando ainda mais confiança entre clientes e investidores. Com isso, o Createc 3 faz um aporte adicional da subscrição e aumenta a sua participação na sociedade, com base no retorno do investimento feito e no cumprimento das metas definidas no fechamento do contrato inicial em 2020.

Entre os projetos em desenvolvimento pela operação da Preâmbulo Tech estão melhorias na gestão, de acordo com as regras de Governança Corporativa, diferenciais técnicos e comerciais, aperfeiçoamentos constantes nos softwares, workflow e, também, está desenvolvendo uma infraestrutura própria em nuvem, de alta disponibilidade, que vai ao encontro do novo cenário desenhado para o trabalho remoto.

De acordo com Marcos Valério Silveira Lessa, diretor da Preâmbulo Tech, o alto grau de confiabilidade do investidor fez elevar a sua subscrição, o que permitiu que a companhia mantenha sua performance e continue entregando melhores soluções para o mercado jurídico. “Temos a convicção de que nosso planejamento estratégico corporativo vem sendo cada vez mais consolidado e assertivo em relação às nossas entregas para o mercado, que passa a ter soluções mais completas e inovadoras”, afirma o gestor.

Ainda em 2021, a empresa passará a hospedar, com exclusividade, os clientes que utilizam os seus sistemas, promovendo uma mudança positiva de cultura e do modelo de negócios, já que isso traz mais segurança e conforto para seus mais de 25 mil usuários. Todo este ambiente foi projetado para atender os requisitos técnicos de segurança, criptografia em repouso dos dados e alta disponibilidade.

O CEO da companhia, Hamilton Andreatta, acrescenta que “A hospedagem se adequa à LGPD e será armazenada em território nacional. Dessa forma, atendemos às demandas dos nossos clientes, oferecendo maior segurança e retribuindo a confiança que eles depositam no nosso trabalho.  Acreditamos que o comprometimento da nossa empresa com a responsabilidade vai além do atendimento de demandas específicas de escritórios de advocacia e departamentos jurídicos empresariais, mas principalmente para toda a comunidade que precisa de serviços jurídicos com qualidade, transparência e confiança”, ressalta o gestor.

 

Sobre: A Preâmbulo Tech é uma empresa de tecnologia focada no segmento jurídico, com sede em Curitiba, e 33 anos de mercado (2021). Tem como objetivo principal facilitar o dia a dia e criar soluções para o mercado jurídico, desde escritórios de advocacia até departamentos jurídicos de empresas. Entre seus principais produtos está o “CPJ-3C”, uma solução que usa inteligência artificial, workflow para automatizar e simplificar a controladoria, análise financeira integrada ao processual e dashboards para acompanhar os resultados. Já o “CPJ-Cobrança” foi desenvolvido para a advocacia de massa, ativa e passiva, com o intuito de elevar a segurança nos procedimentos, garantindo melhores resultados. A Preâmbulo possui mais de seis mil clientes e 25 mil usuários. Líder no segmento de softwares, foi eleita por três vezes consecutivas como o software mais utilizado do Brasil por escritórios de advocacia pela Intelijur. A empresa é criadora da BrLawyers, uma comunidade para advogados com mindset de evolução, que oferece conteúdo para impulsionar a gestão jurídica, por meio da rede social Telegram. A Preâmbulo Tech é uma empresa certificada com o selo GPTW – Great Place To Work.

 

Portal Gazeta do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta do Amazonas )

Foto: Divulgação