Ministério Público investiga luta de MMA de prefeito contra adversário político, em Borba

30 de dezembro de 2021 07:14

Por Portal Gazeta do Amazonas

BORBA (AM) – O Ministério Público do Amazonas (MPAM), pela Promotoria de Justiça de Borba, instaurou inquérito civil para apurar eventual ato de improbidade administrativa e de infração político-administrativa supostamente praticados pelo Prefeito Municipal de Borba, Simão Peixoto Lima, na realização do 12º Evento de luta M.M.A 2021, ocorrido no dia 11 de dezembro de 2021, na Quadra Poliesportiva Edvar Souza, no Município de Borba/AM.

“Todos os meios legais para a investigação serão utilizados. Inclusive, vai ser verificado se foi destinado dinheiro público para esse evento, se foi utilizado espaço público para isso, se houve cobrança de ingressos, pagamento de bolsas”, disse o Promotor de Justiça Marcelo de Salles Martins.

Em um ginásio lotado, o Prefeito que lutou e venceu, em decisão dividida, um desafeto político, o ex-vereador Erineu Alves da Silva. No mês de setembro de 2021, Erineu teria feito críticas à Administração municipal pelo estado de conservação de um balneário da cidade em um vídeo que viralizou na cidade. A crítica chegou até o ringue de MMA (Artes Marciais Mistas).

O MPAM deu prazo de cinco dias para que o Prefeito preste informações sobre a regularidade de sua participação no evento e sobre a suposta desavença política com o ex-vereador, bem como informe se houve a destinação de recursos públicos para realização do evento, apresentando a documentação pertinente.

Com informações: MPAM

Portal Gazeta do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta do Amazonas )

Foto: Divulgação