Município de Parintins (AM) é selecionado para instalação de curso de Medicina

16 de abril de 2015 19:39
cidade-parintins

O município amazonense de Parintins foi selecionado para instalação de um curso de Medicina em instituição particular. A medida faz parte da estratégia do Programa Mais Médicos para ampliar a oferta desse curso superior em regiões com menor proporção de vagas de graduação e médicos por habitantes. De acordo com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, a meta é que, em 2026, existam 600 mil médicos atuando em todo o Brasil.

Outras 21 cidades em oito estados brasileiros também foram selecionadas pelo Governo Federal para a criação de cursos de Medicina em instituições particulares. Não ter curso de Medicina; ter mais de 50 mil habitantes; e estar localizado em região com estrutura de saúde e de equipamentos públicos e programas de saúde adequados para comportar a oferta de graduação em Medicina são alguns dos critérios do Ministério da Educação para a seleção das cidades. Para o então ministro da Educação, Luiz Cláudio Costa, a qualidade dos novos cursos de medicina é prioridade:

“Você observa as necessidades do país, a necessidade de atendimento, a necessidade de corrigir assimetrias, você tem um comprometimento do município, um comprometimento do estado e, a partir desse comprometimento e de indicadores que nos garantam que ali você pode ter um curso com qualidade, você abre o edital para que as instituições apresentem os seus projetos e esses projetos são analisados por especialistas, observando padrões muito rígidos, principalmente, de qualidade para que a partir daí nós possamos ter as vagas abertas.”

Para sinalizar o interesse pela abertura do curso de Medicina, a prefeitura do município de Parintins e dos outros 21 municípios contemplados devem confirmar a participação entre os dias 13 e 24 de abril na página do Ministério da Educação. O endereço é www.simec.mec.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Portal Gazeta Do Amazonas’

Foto: Divulgação

Tags: