Novas obras de saneamento básico no rio Pinheiros vão beneficiar quase 500 mil pessoas e gerar 3,7 mil empregos

13/07/2020 09:45

Por Portal Gazeta do Amazonas

A Sabesp assinou os últimos contratos para execução das obras de esgotamento sanitário do Novo Rio Pinheiros. O programa prevê intervenções de saneamento básico e socioambientais e tem o objetivo de devolver o rio Pinheiros limpo à população até 2022. As obras vão beneficiar quase 490 mil pessoas e gerar mais de 3,7 mil empregos.

Os quatro contratos assinados têm um valor de R$ 459 milhões e vão melhorar a coleta e o tratamento de esgoto de 164 mil imóveis que ficam nas sub-bacias Cordeiro, Cachoeira/Morro do “S”, Baixo Pirajussara-Antonico e Pirajussara-Poá/Taboão.

Em maio, a Sabesp e o governo de São Paulo já haviam assinado seis contratos para ampliar a coleta e o tratamento de esgoto para mais 280 mil imóveis na região da bacia do rio Pinheiros. Além disso, outros empreendimentos em torno do projeto ocorrem desde o ano passado.

As obras do Novo Rio Pinheiros vão beneficiar cerca de 3,3 milhões de pessoas, que vivem nos municípios de São Paulo, Embu das Artes e Taboão da Serra. Ao todo, 532 mil imóveis serão ligados à rede de coleta de esgoto. O custo previsto é de R$ 1,7 bilhão.

Além da coleta e do tratamento, as obras do Novo Rio Pinheiros incluem ações de desassoreamento, aprofundamento do rio, coleta e destinação de resíduos sólidos, revitalização das margens e educação ambiental.

Reportagem, Felipe Moura

Portal Gazeta Do Amazonas (Reprodução autorizada mediante citação do Portal Gazeta Do Amazonas)

Foto: Divulgação